segunda-feira, dezembro 11, 2006

Faltam-me

palavras para descrever o doce deslumbramento com que assisto ao crescimento dela.

As vezes que procuro o olhar do P. (ou da minha mãe ou do meu pai ou da minha irmã) para saber se ele está a ver ou a ouvir o mesmo que eu. Porque é fabuloso. E quero vir aqui escrever as frases e os raciocínios com que nos brinda e não me lembro. Só me lembro da sensação. Deslumbramento. E orgulho por me/nos ver carimbada em alguns gestos e palavras. O resto, o que é só dela, o que parece que não vem de ninguém, ainda é mais mágico.

Está a crescer. Um dia destes vai andar sozinha na rua. Depois vai ser adolescente e adulta. Só quero que seja feliz. E uma boa pessoa.

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Faltam as palavras, porque não existem. Assombro, deslumbramento, todas são insuficientes.
É um milagre que não se diz. Vâ-se. E sente-se. :)

11/12/06 13:43  
Anonymous pal said...

indem idem, aspas aspas.

11/12/06 14:52  
Blogger Mãe said...

Felizes e boas pessoas. Exactamente o que desejo e peço para os meus.
E chega.
:)

11/12/06 17:30  
Blogger a mãe dos miúdos said...

podia ter sido eu a escrever isto. talvez não tivesse encontrado tão bem as palavras. é que é mesmo isso. cada vírgula, cada ponto. cada sorriso com que te imagino a escrever.

12/12/06 13:39  

Enviar um comentário

<< Home