segunda-feira, setembro 10, 2007

Embrulhada na toalha

- Não sei como seria a minha vida se eu não tivesse nascido da tua barriga? Como era, mamã? Se tu não tivesses tido este bebé?

Tenho pena de não conseguir escrever um enorme e recheado texto sobre esta menina, a minha filha M. Há sempre a desculpa do tempo, da disponibilidade, mas a verdade é que não consigo mesmo. Não sai nada. Escrever que a amo profundamente não é nada. São duas palavras. Amar. Profundamente. Nem três segundos de dedos a mexer no teclado. E quando começo a pensar em todas as pequenas coisas especiais (ou não) do dia-a-dia que gostava de registar não lhes descubro o fim. Gostava de ser menos resumida.

8 Comments:

Blogger mãe said...

:)

10/9/07 19:17  
Blogger Ana Rute Cavaco said...

lindo.

10/9/07 21:13  
Blogger flores said...

Pede umas dicas à Zuza. LOL

11/9/07 09:23  
Anonymous Sophie said...

Flores: Tenho tanta, tanta inveja daqueles textos! :)

11/9/07 10:10  
Anonymous Anónimo said...

texto mais rico do que este é que é difícil! :)

11/9/07 10:47  
Blogger Zuza said...

Parvas! :DD

Eu ia comentar que quem me dera a mim resumir assim. Ninguém está bem com a vida que tem. éssaéqueéessa :PP

11/9/07 12:15  
Blogger Xana said...

Percebo. Mas gosto muito deste post resumido :)

11/9/07 13:53  
Blogger Costinhas said...

(como é que eu não comentei logo este post?)

lindo! Mesmo.

18/9/07 15:51  

Enviar um comentário

<< Home