quinta-feira, março 27, 2008

O poder da roupa

Ontem usei um vestido, calcei umas botas (chovia muito) e vesti um casaco preto comprido. Tudo meu, tudo escolhido por mim. Não me senti eu. Durante todo o dia, aquela sensação de me querer libertar daquela pele. O reflexo nos vidros era de outra pessoa. Até o meu andar tinha outro ritmo e forma.

O alívio quando entrei em casa e me refresquei com umas calças de ganga, um casaco de malha e a minha querida echarpe lilás.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Entao Sophie mas qual a razao de nao poderes andar à vontade? Profissional?

Mesmo sendo, é sempre bom tentarmos nos aproximar ao máximo daquilo que realmente somos e que nos faz sentir bem!!

Beijinhos!!

27/3/08 12:29  
Anonymous Sophie said...

Posso andar como quero.

27/3/08 12:57  
Blogger InêsN said...

compreendo TÃO bem!!!

28/3/08 20:05  

Enviar um comentário

<< Home